Resultados 1 a 9 de 9

Tópico: Lisboa-Dakar Cancelado

  1. #1
    Senior Member Average 2
    Data de Inscrição
    Sep 2005
    Mensagens
    359

    Thumbs down Lisboa-Dakar Cancelado

    Correio da Manhã...

    Devido a problemas de segurança
    Rali Lisboa-Dakar cancelado

    A prova foi suspensa pela primeira vez em 30 anos de realização, depois de o governo francês ter aconselhado, por motivos de segurança, os seus cidadãos a não se deslocarem à Mauritânia, onde quatro turistas franceses foram assassinados, no passado dia 24 de Dezembro, num ataque atribuído a um ramo do Al-Qaeda, no Magreb islâmico.

    “Depois de diferentes conversas com o governo francês – em particular com o ministro dos Negócios Estrangeiros – e tendo em conta as suas firmes recomendações, os organizadores do Dakar decidiram anular a edição de 2008 do rali, programada para decorrer entre 5 e 20 de Janeiro entre Lisboa e a capital senegalesa”, refere a ASO num comunicado emitido hoje em Lisboa, citado pela agência de notícias France Presse.

    O cancelamento fora inicialmente avançado pelo director da France-Télévisions, Daniel Bilalian, parceiro oficial da prova. Em declarações à 'Rádio Europe 1', Bilalian disse que "se acontecesse o mais pequeno problema, toda a credibilidade da ASO (Amaury Sport Organisation) seria posta em causa".

    A 30ª edição do Rali Lisboa-Dakar deveria começar no sábado junto ao Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terminando a 20 de Janeiro, na capital do Senegal. Oito das 15 etapas da prova deveriam passar pela Mauritânia.


    Al-Qaeda coloca rali em perigo

    O comunicado divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, desaconselhando os seus cidadãos a não se deslocarem à Mauritânia, “mesmo os participantes no rali Lisboa-Dakar”, caiu como uma bomba no Centro Cultural de Belém, onde decorrem as verificações para a 30.ª edição da prova. Os incidentes recentes que vitimaram uma família de turistas franceses, foi, segundo tudo o indica, um assalto, mas o ataque a militares mais a norte do país é algo diferente, tanto mais que uma mensagem difundida pela radio Al Arabiya reivindicou o mesmo, sem fazer referência aos turistas.


    De acordo com os serviços secretos franceses, este incidente está relacionado com movimentos do GSPC, um grupo selafista, referido como Baqmi, com ligações à al-Qaeda, que movimenta 500 homens armados, dos quais 400 actuam na Mauritânia e uma centena vagueia pelos países limítrofes. A sua presença junto à fronteira entre Marrocos e a Mauritânia é provada pelo grande reforço da presença do exército marroquino na região.

    É esta a ameaça que o governo francês procura neutralizar com o seu aviso aos organizadores do Lisboa-Dakar. Os franceses da ASO declaram-se surpreendidos pela situação, tanto que o governo mauritano garantiu “todas as condições de segurança”, como admite Etienne Lavigne, o director do rali, tendo assegurado a deslocação de 4000 homens ao terreno.

    Face a esta situação, os organizadores admitem que “não” podem “fazer concessões ao nível da segurança”, algo que os concorrentes assumem.

    Dominique Serieys, director desportivo da Mitsubishi, admitiu que “o governo francês não faz avisos sem argumentos”. “Acreditamos na organização, uma vez que no passado eles mostraram saber encontrar as melhores soluções”, frisou.

    Todavia, a organização parece estar num beco sem saída. A prova terá de sair de Lisboa. Não há alternativa. Segue para Marrocos, em direcção a Guelmin na fronteira com a Mauritânia. Mas se não poder entrar na Mauritânia ou regressa a Lisboa ou termina antes de afrontar o deserto mauritano, onde todos (ainda) esperam que seja conhecido o vencedor.

    A organização do rali Lisboa-Dakar2008 de todo-o-terreno irá fazer hoje pelas 12h00 uma "comunicação especial" sobre a realização da prova.

    INSTABILIDADE NA MAURITÂNIA

    O governo francês “desaconselha fortemente a deslocação de franceses à Mauritânia”, inclusivamente os inscritos no Rali Lisboa-Dakar. A directiva de Paris prende-se com a instabilidade na região, onde um diferendo opõe Marrocos e a Mauritânia pela autodeterminação do povo do Sahara Ocidental, liderado pela Frente Polisário. A Mauritânia, juntamente com Marrocos, anexou o território, em 76, mas ficou com apenas um terço. Após várias derrotas com a Frente Polisário, a Mauritânia retirou em 79, mas continua a disputar o território. Marrocos não aceita a autodeterminação. Face ao fracasso negocial, a Frente Polisário ameaçou voltar a pegar em armas.

    - A 24 de Dezembro foram assassinados quatro turistas franceses na Mauritânia, num ataque atribuído à al-Qaeda para o Magrebe Islâmico.

    - Três dias depois, a mesma célula da al-Qaeda terá sido responsável pelo atentado contra uma base militar mauritana, o qual resultou na morte de três soldados.

    SILVA PEREIRA DESVALORIZA

    O ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, desvalorizou ontem as ameaças na Mauritânia que podem pôr em causa a organização do Rali Lisboa-Dakar. “No que diz respeito às condições de segurança, a informação é a de que a situação não é muito diferente neste ano do que em anos anteriores. Os participantes do Dakar conhecem bem os riscos”, disse o governante.

    DUELO DE ALPHAND E PETERHANSEL

    Os franceses Stéphane Peterhansel e Luc Alphand viram os seus carros Mitsubishi serem aprovados e mostraram-se optimistas para o arranque do Lisboa-Dakar. “O carro está muito rápido e não tivemos problemas. Espero somar mais uma vitória”, disse ao CM Stéphane Peterhansel. O francês sublinhou a sua satisfação por sair de Lisboa: “É muito bom começar aqui. Teremos duas etapas interessantes.” Já Luc Alphand frisou ao CM que o carro está “perfeito” e que “esta edição será ainda mais difícil”. “Só se decidirá o vencedor na última etapa.”

    "OBJECTIVO É GANHAR" (Carlos Sainz, piloto espanhol da Volkswagen, não teme pela segurança)



  2. #2
    Senior Member Average 2 Avatar de N@ughtyBoy
    Data de Inscrição
    Dec 2007
    Localização
    Braga
    Mensagens
    121

    Padrão

    Tinha k ser logo numa ediçao do Lisboa-Dakar! Vamos perder algo com isto de certeza

  3. #3
    Senior Member Super user Avatar de Helopez
    Data de Inscrição
    Mar 2005
    Localização
    Nuorte
    Mensagens
    1.182

    Padrão

    cabroes do governo francês.. se fosse Paris Dakar de certeza k nao havia problemas.. mas como morreram 4 franceses la na terra de ninguem já serve de argumento para por em causa o nosso Lisboa Dakar...Camelos..

  4. #4
    Senior Member Super user Avatar de ||||||PreTO||||
    Data de Inscrição
    Feb 2005
    Localização
    Gaia
    Mensagens
    2.293

    Padrão

    Citação Mensagem Original de Helopez Ver Post
    mas como morreram 4 franceses la na terra de ninguem já serve de argumento para por em causa o nosso Lisboa Dakar...Camelos..
    na Mauritânia ha muitos sim sr =D

    realmente s tivessem sido assassinados 4 portugueses nao havia confusoes dessas... =\

  5. #5
    Senior Member Super user
    Data de Inscrição
    Oct 2003
    Mensagens
    3.224

    Padrão

    se tivessem sido portugueses aposto que o dakar não parava, é uma chatice por causa do turismo e tal

  6. #6
    sky
    sky está desconectado
    Z32 J spec 99 Super user Avatar de sky
    Data de Inscrição
    Sep 2003
    Localização
    japan
    Mensagens
    5.060

    Padrão

    nao é o governo françes que perde dinheiro lol

  7. #7
    Senior Member Super user Avatar de V1t0r_
    Data de Inscrição
    Oct 2006
    Localização
    Funchal
    Mensagens
    2.529

    Padrão

    Gosto de ver essas opiniões.. LOL
    so por terem sido mortos franceses e tal..
    isso e facil de se falar..
    os problemas de atentados na Mauritânia já não são de agora já vêm desde o ultimo Dakar.
    E de certeza que para cancelarem a prova não foi coisa pouca.
    Honda S2000 AP1 & Audi A4 Avant B6

  8. #8
    Senior Member Super user
    Data de Inscrição
    Oct 2003
    Mensagens
    3.224

    Padrão

    a prova foi cancelada por problemas de segurança, não tem nada a ver só por serem franceses, podia acontecer chegarem lá e morrerem mais uns quantos, até podiam ser portugueses ou de outra nacionalidade qualquer, existem problemas de segurança, não foi só a pensar nos franceses que iam lá passar, foi em toda a prova e todos os participantes

  9. #9
    Senior Member Super user Avatar de V1t0r_
    Data de Inscrição
    Oct 2006
    Localização
    Funchal
    Mensagens
    2.529

    Padrão

    Citação Mensagem Original de Knox Ver Post
    a prova foi cancelada por problemas de segurança, não tem nada a ver só por serem franceses, podia acontecer chegarem lá e morrerem mais uns quantos, até podiam ser portugueses ou de outra nacionalidade qualquer, existem problemas de segurança, não foi só a pensar nos franceses que iam lá passar, foi em toda a prova e todos os participantes
    ah.. agora concordo ctg LOL
    Honda S2000 AP1 & Audi A4 Avant B6

Tópicos Similares

  1. Porto Tuning Show Cancelado
    Por tuningonline no fórum Novidades do mundo do tuning
    Respostas: 0
    Última Resp.: 19-04-2008, 22:40
  2. Os melhores videos do Lisboa Dakar
    Por tuningonline no fórum Videos
    Respostas: 0
    Última Resp.: 10-12-2007, 23:35
  3. Curso de Drfit cancelado
    Por tuningonline no fórum Novidades do mundo do tuning
    Respostas: 2
    Última Resp.: 27-09-2007, 00:01
  4. Lisboa - Dakar
    Por tuningonline no fórum Geral Automóveis
    Respostas: 17
    Última Resp.: 16-05-2007, 13:59
  5. Lisboa-Dakar
    Por gon no fórum Geral Automóveis
    Respostas: 41
    Última Resp.: 09-01-1970, 14:54

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •